Inicial / Programas e Serviços / Educação para o mundo do trabalho

Educação para o mundo do trabalho

Linhas de Ação

A construção da Agenda Nacional envolveu a realização de 27 encontros estaduais, nos quais foram debatidas as estratégias a serem desenvolvidas e, por meio de palestras de sensibilização, buscou-se obter a adesão formal dos parceiros locais ao projeto. O objetivo é mobilizar empresas, famílias, governo, trabalhadores, escolas, professores, gestores escolares, jovens e a mídia. 

O caráter permanente do movimento será assegurado pelo acompanhamento das ações dos atores locais pelos representantes regionais do SESI, SENAI e IEL, que passarão a conformar uma rede interna de Educação para o Mundo do Trabalho.

Conheça as linhas de ação do projeto:

TRABALHADOR

Promover ações para a melhoria do nível de escolaridade básica do trabalhador industrial, compatíveis com as competências necessárias para o exercício de sua função por meio de:

  • diminuição do índice de analfabetismo do trabalhador industrial
  • elevação do nível de escolaridade do trabalhador que tem o Ensino Fundamental incompleto
  • elevação do nível de escolaridade do trabalhador que tem o Ensino Médio incompleto
  • ampliação do conhecimento em língua portuguesa e matemática
  • outras ações


Desenvolver ações de educação profissional que ampliem a qualificação do trabalhador industrial, compatíveis com as competências necessárias para o exercício de sua função, por meio de:

  • desenvolvimento e oferta de cursos presenciais e à distância contextualizados
  • desenvolvimento e implantação de incentivos ao trabalhador para a formação continuada
  • divulgação de cursos e informações
  • ampliação do conhecimento em língua portuguesa e matemática
  • outras ações

ESTUDANTES DE ENSINO MÉDIO

Desenvolver ações para  aproximar o jovem ao mundo do trabalho por meio de:

 ações voltadas para a disseminação de informação e orientação profissional dos jovens

  • ações que promovam uma maior participação dos pais na vida escolar dos filhos
  • ações educativas para elevar a prática de leitura e conhecimentos de matemática do jovem estudante
  • disseminação de novas ferramentas educacionais para dar significado à aprendizagem
  • outras ações

 JOVENS “NEM NEM”

Desenvolver ações para reverter o desalento dos jovens, aproximando-os da escola e do trabalho, por meio de:

  • campanhas na mídia/redes sociais para a valorização da educação e do trabalho, com linguagem acessível aos jovens
  • criação e manutenção redes de conversações presenciais e virtuais com a linguagem do jovem
  • desenvolvimento e utilização instrumentos de avaliação de competências dos jovens
  • ações voltadas para a disseminação de informação e orientação profissional aos jovens
  • ações voltadas para a disseminação de oportunidades de inserção no mercado de trabalho
  • outras ações

Sobre ralmeida