Inicial / Notícias SESI/SENAI / Profissionais do SESI Amapá participam de capacitação do Go Lab
Profissionais do SESI Amapá participam de capacitação do Go Lab

Profissionais do SESI Amapá participam de capacitação do Go Lab

Macapá – Profissionais das áreas da Promoção da Saúde e Segurança no Trabalho do Serviço Social da Indústria (SESI) do Amapá participaram em Brasília, do Go Lab. A capacitação, que reuniu representantes de 15 estados, faz parte do  Programa SESI de Inovação na Indústria e contempla estratégias específicas para Saúde e Segurança no Trabalho (SST). A ação do Departamento Nacional do SESI visa o fortalecimento da capacidade de inovação e geração de novas soluções para a indústria, além de intensificar a atuação dos centros de inovação em rede.

Antes do curso, os estados selecionados enviaram propostas com soluções que impactassem positivamente na cultura de inovação da indústria. Dentre 18 trabalhos encaminhados, o Amapá ficou entre os três mais votados, com a proposta de elaborar uma solução inovadora em Ergonomia para uma Indústria de água mineral. Participaram do treinamento, a gestora do projeto, Darcilene Araújo, a fisioterapeuta e ergonomista Karla Guedes, e o técnico de Promoção da Saúde, Antonio Karlos.

O SESI Go Lab reúne práticas de estratégia de negócios, inovação, ciência do comportamento e design thinking. É uma ferramenta de aceleração de ideias e dinâmica, que agiliza o trabalho dos profissionais do SESI em conjunto com representantes da empresa, estimula a criatividade e leva as pessoas a sair da rotina para criar e validar soluções, otimizando tempo e reduzindo custos. Durante o período de treinamento, os participantes ficam totalmente imersos no problema, com o objetivo de entender, construir, decidir, detalhar e apresentar uma solução que será validada pela empresa.

Inicialmente, a indústria apresenta o desafio, o facilitador do SESI entra em contato com a empresa e, de preferência, visita o local para entender melhor a questão a ser solucionada. Seguem-se então, três sprints (que em inglês quer dizer “acelerar”): entender, desconstruir e idear; decidir e detalhar; prototipar, testar e aprender. O sprint valida possíveis caminhos para resolver um desafio proposto, e é uma maneira ágil de conceituar e tornar concreta uma ideia, um produto, suas implementações e funcionalidades em um curto espaço de tempo.

Para Darcilene Araújo, o desafio agora é potencializar o ambiente de inovação no Amapá a fim de elevar as soluções para patamares mais avançados. “Temos até maio de 2020 para estruturar e implantar o projeto. Ao longo do processo, podemos fazer experimentações, e isso cria um espaço ‘livre para falhar’, dá possibilidade de testes, e resulta num aprendizado que leva à solução”, frisou a gestora. 

ATENDIMENTO À IMPRENSA
Gerência de Comunicação Corporativa SESI/SENAI – AP
Contato: (96) 3084-8944
imprensa@sesisenaiap.org.br
instagram.com/amapasesi
fb.com/sesiamapa
twitter.com/sesiamapa

Sobre GCOM