Macapá – O Serviço Social da Indústria (SESI) do Amapá apresentará a plataforma SESI Viva+ para empresários e comunidade, nesta sexta-feira, 8, às 19h, no auditório da Casa da Indústria, em Macapá. A ferramenta digital reúne, em um único ambiente, programas e conteúdos que facilitam a gestão de Saúde e Segurança no Trabalho (SST).  A inscrição é gratuita e a presença pode ser confirmada no site: www.ap.sesi.org.br ou pelo fone: 3084-8936.

O SESI Viva+ foi criado para atender a necessidade de administrar de forma mais eficiente os processos de SST e as informações de qualidade de vida dos trabalhadores para tomada de decisão. Com a ferramenta é possível, inclusive, identificar perfis de saúde e estilo de vida do trabalhador para melhorar a gestão e aumentar a produtividade.

A especialista em Desenvolvimento Industrial do Departamento Nacional do SESI, Valena Savia Pereira, apresentará a plataforma. O SESI Viva+ é uma solução tecnológica que proporciona ganhos para empresas e trabalhadores ao concentrar os dados em um ambiente digital integrado e seguro, além de reduzir significativamente os custos e riscos no ambiente de trabalho, melhorando a saúde e o bem-estar dos colaboradores.

O engenheiro de Segurança do Trabalho, Edwar Abreu Gonçalves, também compartilhará um pouco do seu conhecimento adquirido ao longo de 30 anos na área. O especialista abordará “As mudanças no Plano Normativo de Saúde e Segurança no Trabalho, as responsabilidades legais do segmento industrial e suas consequências jurídicas”. Edwar Gonçalves já trabalhou como auditor fiscal do Trabalho, perito judicial trabalhista, e juiz federal do trabalho. É advogado, consultor jurídico e professor de Direito Aplicado à SST do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte.

 

ATENDIMENTO À IMPRENSA
Gerência de Comunicação Corporativa SESI/SENAI – AP
Contato: (96) 3084-8944
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
instagram.com/amapasesi
fb.com/sesiamapa
twitter.com/sesiamapa







Mais lidas